Followers

 
Dizem que só se ama uma vez!
Durante muito tempo eu acreditei netsa lenda.Hoje sei que isto não é verdade.
Pode ser que uma pessoa ou outra tenha tido somente um amor na vida, mas na verdade nós amamos muitas vezes, podemos quando nos damos chance.
Ah, os amores!Quantos amores! um intenso, outro extenso;um tranquilo, outro turbulento e passageiro como uma chuva de verão; um nos traz a paz, outro transforma nossa vida em uma guerra...
O primeiro amor nos marca. é verdade.Pensamos que será eterno, e se acaba o relacionamento então, pensamos que nunca vamos esquecer e juramos que nunca mais iremos amar, (risos).
Não sei ao certo quantas vezes somos capazes de nos deixar explodir por este sentimento, mas tenho certeza que todos os meus amores foram verdadeiros, cada um segundo a sua medida.
Verdadeiro sim, pois eu senti cada um deles intensamente, cuidei, me importei e me preocupei com cada um, como se fosse o único, e, se um dia chegaram ao fim, certamente foi somente para dar lugar a um novo amor.
E quem pode dizer que um novo amor não nos faz bem?
Eu amo estar amando, aprendi a lidar com as adversidades que este estagio da vida nos proporciona.
Posso dizer que eu tive muitos amores e que me entreguei a cada um.
Porém, acho que posso decidir não amar mais!Acho que isto é uma condição que se adquire quando se aprende a tirar proveito das coisas boas e ruins que a vida nos vai oferecendo.
Portanto escolhi não amar mais e eternizar a última perfomance deste sentimento em minha vida.
Encerro o último ato desta peça fundamental, sem a qual eu não teria aprendido tanto, porque também posso afirmar, que de todos os amores que eu tive, você foi a minha melhor  forma de amar, e por isto eu escolho voce para ser meu último amor, porque sendo assim, eu não terei do que me lamentar, terei as melhores e mais suaves referencias deste sentimento.
Não deixarei de viver, de me entregar, mas agora eu estou segura, estou madura, e não vou mais viver amores de ilusões, porque voce me ensinou isto e isto ja me garante felicidade pelos anos que me restam.

1 comentários:

Kiko Lemos disse...

Lindo texto, emocionante e sincero. Gostei de verdade.

Tenho alguns selos para vc

Postar um comentário

Nós geralmente descobrimos o que fazer percebendo aquilo que não devemos fazer. E provavelmente aquele que nunca cometeu um erro nunca fez uma descoberta.

Samuel Smiles